Pular para o conteúdo principal

TERRÁRIOS

O cultivo de plantas é um benefício para quem pratica e para o ambiente onde são instaladas, porém com o aumento de moradias do tipo apartamento e também com a redução do espaço disponível do cômodo ou total é tornou-se difícil manter esse hábito. Mas é possível encontrar alternativas diferentes que possibilitem o convívio com plantas. Os terrários são recipientes fechados geralmente de vidro mas que também podem ser encontrados em madeira, PVC e acrílico, nesse recipiente é possível cultivar plantas em habitat fechado, para isso é preciso reproduzir as condições ambientais necessárias para sobrevivência das plantas cultivadas.
Terrários, mini ecossistemas cultivados em recipiente fechado!
A utilização do vidro se torna interessante, pois permite acompanhar o crescimento e desenvolvimento da planta. Os terrários são como pequenas e até mesmo mini estufas que recriam as condições de um ambiente natural contendo umidade, alternação de temperaturas altas e constantes, o que permite o cultivo de variedade de plantas. O surgimento dos terrários ocorreu por volta de 1850 quando o médico inglês Nathaniel Bagshaw Ward colocou algumas pupas de borboletas junto a um pouco de terra em uma caixa de vidro fechada para observar a metamorfose desses insetos. Em pouco tempo o que ele percebeu foi o desenvolvimento de esporos e sementes que deram origem a plantas que sobreviveram naquele espaço. Ward tinha grande interesse por botânica e entomologia e utilizou essa descoberta para realizar o transporte de espécies para lugares distantes de forma mais segura.Atualmente o cultivo de plantas em terrários é realizado por gosto, além de ocuparem pouco espaço, não precisam de manutenção, tem alta durabilidade, são bonitos e oferecem a possibilidade de acompanhar o funcionamento e desenvolvimento de um pequeno ecossistema auto sustentável e também o comportamento de pequenos insetos como joaninhas, grilos ou lagartixas. O terrário contem espécies de plantas de pequeno porte, pedriscos, areia e carvão vegetal, substrato e água. 
A incidência de solar é muito importante para o desenvolvimento saudável, mas não é recomendado exposição do terrário a incidência de luz solar direta. As espécies que podem ser cultivadas são musgo tapete, renda portuguesa, mini bromélia, samambaia, hera, filodendro, antúrio, lírio da paz, zebrinha, cactos e jiboia.  O terrário com cultivo somente de plantas pode ser aberto a cada duas semanas para as plantas receberem brisa. Veja alguns modelos:

Comentários

Postagens mais visitadas