Designer de Interiores


Retomo meu curso em setembro

Designer de Interiores é a arte de planejar e arranjar ambientes de acordo com padrões de estética e funcionalidade. O profissional harmoniza, em determinado espaço, móveis, objetos e acessórios, como cortinas e tapetes, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza. Planeja cores, materiais, acabamentos e iluminação, utilizando tudo de acordo com o ambiente e adequando o projeto às necessidades, ao gosto e à disponibilidade financeira do cliente. Administra o projeto de decoração, estabelece cronogramas, fixa prazos, define orçamentos e coordena o trabalho de marceneiros, pintores e eletricistas. Pode projetar salas comerciais, residências ou espaços em locais públicos. Esse profissional costuma trabalhar como autônomo, mas pode atuar também como funcionário de empresas especializadas em decoração e design de interiores ou, ainda, como consultor em lojas de móveis.  

O aquecimento do setor da construção civil favorece o mercado para bacharéis e tecnólogos. Além dos escritórios de arquitetura e de design de interiores - tradicionais empregadores -, é boa a procura por parte de clientes residenciais, que precisam de orientação na hora de reformar e decorar a casa - um nicho que cresce muito. Outra forte demanda vem da área corporativa, em que o designer é requisitado para criar o desenho de andares de escritórios e salas de reunião. "O designer de interiores é cada vez mais valorizado, uma vez que as pessoas estão percebendo que o olhar desse profissional faz muita diferença no resultado final dos ambientes", afirma Ana Maria Kluppel, coordenadora do tecnológico em Design de Interiores da FatecPB. As melhores chances de trabalho estão nas capitais do Sudeste e, no Sul, em Curitiba e Porto Alegre. As cidades turísticas do Nordeste também são bons mercados, devido ao grande número de hotéis e resorts.

Salário inicial: R$ 1.400,00 (Fonte: prof. Jéthero de Miranda, do Belas Artes).

O que você pode fazer: Há poucos cursos de bacharelado no país. Eles têm muitas disciplinas em comum com o curso de Arquitetura e Urbanismo e formam profissionais para atuar, sobretudo, com projetos, além da parte decorativa. Também é grande a ênfase na parte prática, com atividades a mão livre e a utilização de recursos da informática. Grande parte da carga horária é dedicada ao desenvolvimento de projetos, com aulas de perspectiva e desenho artístico e arquitetônico, assim como de técnicas de instalação e iluminação. As atividades extracurriculares também são frequentes. No final do curso, as escolas costumam exigir do estudante um estágio ou a apresentação de uma monografia.

Duração média: quatro anos.
Outros nomes: Artes Vis. (design de amb.); Comp. de interior; Decoração e Design; Decoração; Design (interiores); Design de Amb.

Os cursos tecnológicos, por sua vez, são voltados mais para a decoração. Ao optar por um deles, preste atenção no foco do curso, que pode ser decoração e paisagismo ou design de móveis e ambientes. Já no início do curso, o aluno entra em contato com as ferramentas básicas para desenvolver trabalhos de consultoria, como cor aplicada a espaços internos e revestimentos. Depois, é a vez das disciplinas voltadas para a representação gráfica. O módulo seguinte apresenta as matérias profissionalizantes com ênfase nos espaços residenciais, como design imobiliário, iluminação e ergonomia. Na etapa final, o foco são os espaços comerciais. Há ainda no currículo aulas sobre gestão empresarial e ética.

Duração média: dois anos.
Outro nome: Interiores e Decoração. 

Desenho de móveis

Criar peças conforme as necessidades do cliente, adaptando-as ao espaço disponível.

Decoração e paisagismo

Cuidar da colocação de móveis e acessórios em ambientes residenciais e comerciais internos. Em áreas externas, usar arte e técnica para projetar, organizar e embelezar espaços com plantas e jardins.

Gerenciamento

Acompanhar a compra de móveis e acessórios, fazer orçamentos e contratar mão de obra.

Projeto

Organizar ambientes de acordo com as necessidades do cliente. Elaborar plantas e maquetes, indicando o estilo, as cores e a disposição de móveis e objetos no espaço.

Comentários

Postagens mais visitadas